quarta-feira, 7 de julho de 2010

Confissão espontânea


Hoje estou num daqueles dias
Em que se eu pudesse tudo dirias
À respeito de ti, de mim, de nós
Nada impede minha voz

À quem quero dizer, onde está?
Se ouvir, o que fará?
Nada ou algo extraordinário?
Do tipo alguma coisa ou fora de cenário?

É um tempo raro onde me faço entender
Volte-se para o que tenho a dizer,
Pois desde que fez-se a mim pertencer
Trata-se de mim e você.

4 comentários:

  1. mas bah poema loko de bom tchê

    mas neste dias o melhor

    tenta segurar a lingua

    adorei a ultima parte

    bjim

    ResponderExcluir
  2. Vamos discutir
    a relação ?
    bjs
    Francisco

    ResponderExcluir
  3. Mi
    liberou todos os bichos dentro de vc hein? hahahaha
    mas faz bem pro coraçao. Diga tudo, nao abafe nada.
    :)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...