quinta-feira, 5 de maio de 2011

Em sua rosa, em sua poesia


Mesmo se não chamo, advinhas que preciso de ti
Suas surpresas alcançam meu coração retraído.
Revigoras a certeza que nunca omiti...

Noite passada dormir exclamando o quanto te amo,
Hoje acordo com rosa e poesia declamada ao pé do portão.
Que os céus por nossa sintonia continuem orando.

Quero em seu amor sempre poder repousar,
Minhas angústias todas as vezes se findam
Só por me ver refletida no seu olhar!

Talvez possas imaginar a segurança que sinto sob seu abraço:
As coisas que ferem não podem me alcançar.
Por este manto humano-divino afasto o fracasso.

Beijar tua boca, agora, como se fosse a priveira vez
Comporia melhor o que intento declarar.
Meu amor por você é completo em paixão e lucidez.

Vejo seu rosto através da escuridão
Simplesmente por sentir também o mesmo prazer
Que reluz tua alma na minha transformando-nos num só coração.

Um comentário:

  1. Michele que lindo poema.... pura sintonia de amor.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...